sábado, 2 de julho de 2011

Chaves - El Chavo del Ocho

... 

 



El Chavo del Ocho (Chaves no Brasil e em Angola) é uma série de televisão mexicana de comédia de situação criada e protagonizada por Roberto Gómez Bolaños e produzida pela Televisión Independiente de México (posteriormente, Televisa) e exibida pela primeira vez em 20 de junho de 1971 no Canal 8. A série relata as experiências de um grupo de pessoas que moram numa vila, onde Chaves interage com seus amigos ocasionando mal-entendidos e discussões entre os vizinhos, num tom geralmente cômico. O roteiro veio de um esquete escrito por Bolaños, onde uma pobre criança de oito anos discutia com um vendedor de balões em um parque. Ele deu importância ao desenvolvimento dos personagens, aos quais foram distribuídas personalidades distintas. Desde o início, seu criador percebeu que o seriado seria destinado ao público adulto, não ao infantil, mesmo se tratando de adultos interpretando crianças. O elenco principal é composto por Bolaños, María Antonieta de las Nieves, Ramón Valdés, Florinda Meza, Carlos Villagrán, Edgar Vivar, Rubén Aguirre, Angelines Fernández, Horacio Gómez e Raúl Padilla.
O sucesso de El Chavo del Ocho foi tal que em 1973, foi difundido em vários países da América Hispânica, obtendo altos índices de audiência. Estima-se que em 1975, foi visto por mais de 350 milhões de telespectadores a cada semana. Devido a popularidade, o elenco realizou uma turnê internacional que compreendeu vários países onde era transmitido na época, numa série de apresentações onde dançavam e atuavam no palco ao vivo. Em 1978, Villagrán deixou o programa por conflitos com Bolaños, devido à autoria de seu personagem Quico, e no ano seguinte, Valdés fez o mesmo, devido a razões pessoais. Valdés, no entanto, retornou ao programa pouco tempo depois. A última transmissão do seriado foi em 1º de janeiro de 1980, entretanto continuou como um quadro do programa Chespirito até 12 de junho de 1992. A frequente ocorrência de expressões idiomáticas mexicanas tornou El Chavo del Ocho muito difícil de traduzir para outras línguas, exceto para o português, que é muito similar ao espanhol. Bolaños considerou que o impacto da série em outros países era devido ao sucesso de El Chapulin Colorado.
No que diz respeito à crítica, obteve uma recepção essencialmente negativa nas suas primeiras exibições, já que o seu conteúdo era classificado como "vulgar", "idiota", "fútil", "alienante" e "não recomendável". Um dos temas que mais críticas negativas levantou, foi a violência explícita através de golpes e insultos entre alguns dos personagens. Contudo, outros meios garantiram um aspecto positivo de El Chavo del Ocho que era a utilização de "situações universais" com as quais o público pode se identificar facilmente, independentemente da idade e nacionalidade.
Apesar de sua conclusão no início da década de 1990, a série foi transmitida continuamente em vários países desde então. Em 2011, tinha-se conhecimento de vinte países que ainda o emitiam como parte de sua programação regular. Em 2006, foi estreada a sua versão em desenho animado, um programa baseado nesta série, cujo criador e produção, são os mesmos. Nesta versão, Chiquinha não faz nenhuma aparição já que sua intérprete Maria Antonieta de las Nieves enfrentou Bolaños por direitos autorais. Entre alguns produtos derivados do programa, incluem o livro El diario del Chavo del Ocho, o musical El Chavo animado - Show en vivo (estreado em 2010), um vídeo-jogo para Wii lançado em 2012, assim como aplicativos para Facebook e dispositivos móveis da Apple. A cultura popular de El Chavo del Ocho continua com o status de ser um dos melhores programas de entretenimento mais reconhecidos e com mais sucesso na televisão espanhola.



El Chavo del Ocho é uma comédia de situação que aborda as interações de um grupo de pessoas que moram em uma vila. O protagonista, Chaves, é um garoto órfão de oito anos que muitas vezes, enfrenta problemas com adultos, incluindo Seu Madruga, Dona Florinda e Dona Clotilde devido a mal-entendimentos, distrações ou travessuras. Ele também convive com seus amigos Quico e Chiquinha, que são da mesma faixa etária. Muitas vezes, Chaves é encontrado em um barril de madeira, segundo o próprio personagem, é apenas um esconderijo, na verdade ele mora na casa de número 8. Praticamente, a trama se desenrola nesta vila, Seu Barriga, o dono da mesma e os moradores Seu Madruga, Dona Neves e Chiquinha (na casa 72), Dona Clotilde, apelidada de Bruxa do 71 por sua aparência e o número de sua residência, na casa 14 vivem Dona Florinda e seu filho Quico. Glória e sua sobrinha Paty permanecem um período na casa 24, posteriormente, Jaiminho e em seguida, Dona Edwiges.
Na história também existem outros segmentos que ocorrem noutros locais fora da vila, tais como o lote vazio de treinamento de futebol americano; um hotel em Acapulco; o restaurante de Dona Florinda, que é um antigo bar comprado por ela e a escolinha do Professor Girafales, onde as crianças estudam e se interagem com outros garotos, entre eles, o distraído Godinez, o intelectual Nhonho, filho de Barriga e a sobrinha de Florinda, Pópis.





Abertura Antiga do Chaves



 Chegada do Chaves a Vila



Ta Ta Ta ...



Melhor Risada do Chaves



Outra Vez Flores






Chaves


 Blog do Toninho (toninho05)
...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Flash House

Flash House

Flash Back

Flash Back

Flash Dance

Flash Dance